2013_05_08 Culturgest


















Por vezes os desafios mais inesperados são os que produzem resultados mais surpreendentes.
Uma das maneiras de ser surpreendido pelo resultado de um desenho é faze-lo numa sala às escuras onde a única luz existente é a que emana do ecrã onde são projectados vídeos.




Ao mesmo tempo que os olhos se habituam à fraca luminosidade, tentar perceber, ao olhar para a sequência de imagens dos vídeos projectados, como registar e o que registar no papel. 





Para completar a surpresa, o resultado final só é desvendado depois de sair da sala.


Esta sequência foi feita na exposição de Michel Auder na Culturgest no workshop do João Catarino como resultado da sua proposta para desenho.  Se tivesse de escolher uma banda para o sonoro? A primeira ideia que me veio à cabeça foi Velvet Underground.

1 comentário: