2013_08_29 Praça Dom João da Câmara









Às vezes os cadernos vêm-me parar às mãos com formatos pouco convencionais. Não tendo uma apetência especial por um formato em particular, encaro estas ocasiões como oportunidades para experimentar. O formato mini-panorâmico tem-me levado à procura de espaços abertos (praças ou vistas panorâmicas) e tem-me obrigado a simplificar os desenhos. Levou tempo até começar a adequar os volumes à medida da folha. E quando me sinto confortável a adaptar o desenho à folha é sinal que o caderno está chegar ao fim. Vou sentir a falta deste caderno.

2 comentários:

  1. Está muito bem resolvido. É como se estivesse a virar a cabeça no local à medida que acompanho o desenho.
    O meu caderno ainda está guardado, à espera da conclusão de um outro que parece que nunca mais acaba!!

    ResponderEliminar
  2. Foi isso Filipe. Não chegou aos 180º no ângulo de visão mas ainda foi para aí 130 ou 140.

    ResponderEliminar