2016_06_01 Vila Berta

Com as festas dos santos populares à porta a Vila Berta de fachadas recuperadas e sem cabos de telecomunicações, obra promovida pela Associação de Defesa do Património da Vila Berta, prepara-se para o arraial. 
Vila Operária construída por Joaquim Francisco Tojal entre 1902 e 1908 para albergar uma pequena burguesia que despontava graças ao desenvolvimento industrial de Lisboa é hoje uma zona protegida pelo Igespar.





Os desenhos foram feitos na sessão da letra V do Alfabeto Lisboeta.
O material usado foi caneta, aguarela e uma vela artesanal utilizada no céu do primeiro desenho e na textura e brilho dos desenhos das portas e da janela.





6 comentários:

  1. Gosto muito do efeito da cera nesse céu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Miú.
      A técnica precisa de ser melhorada mas os resultados são interessantes e inesperados pois a vela é difícil de manejar.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Obrigado Marilisa.
      Tens que passar pela Vila Berta para as ver ao vivo. Vale a pena a deslocação.

      Eliminar
  3. Isto está excelente Filipe.
    Estás um mestre!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há que aproveitar as oportunidades que o Alfabeto proporciona. E (re)descobrir novas técnicas é um bom incentivo para manter a "chama do desenho" acesa.

      Eliminar