2018_08_17 A meio da face

Menos uma prega por cima do olho chega para estabelecer a origem asiática? O nariz também é diferente. Mais direito, menos protuberante. Os cabelo tendencial-mente mais lisos. 
A sequência de fotos na galeria altera-se a cada nova visita e algumas caras são repetidas. As distâncias relativas entre olhos, a distância entre o olho e o nariz ou a distância do nariz até à boca são fulcrais para caracterizar a identidade. Desenhar uma testa pequena, escondida no meio dos cabelos, é um erro comum. A referência são os olhos que normalmente estão a meio da face.

2018_08_17 Luz frontal



Todas as fotos da galeria têm uma  iluminação frontal. Suficientemente suave para os retratados não semicerrarem os olhos. As sombras são pouco pronunciadas, os tons pretos são raros e coincidem com os elementos principais na fisionomia da face. O cabelo, as sobrancelhas, a linha da boca. Os cabelos femininos são os mais diversos. Esticados, desarrumados, compridos, escadeados, com franja, com caracóis. São a moldura do rosto. 



Desenhar o avanço da idade. As linhas finas nos cantos dos olhos, as linhas vincadas que descem até aos cantos da boca. Os lábios estão ligeiramente mais apertados. Os cantos mais descaídos. 





2018_08_15 A quebrar vinhetas


As figuras estão a ficar aprisionadas nas vinhetas. Mudança de caneta de 0.6 para 0.4. Os desenhos crescem e libertam-se. Surgem os primeiros sorrisos esboçados. Os dentes são uma dor de cabeça. Têm que ser sugeridos mais que desenhados. Linhas finas cinzentas e a tracejado parecem resolver a questão. 

As caras começam a 
ganhar personalidade mantendo sempre a expressão neutra. A  atenção centra-se no olhar. Descentrar o brilho do olho da cor da pupila? Colocar o branco em cima da pupila anula a pupila. Pintar o olho de cinzento, a pupila a preto e deixar o branco do brilho é muita informação num espaço tão reduzido. Se o modelo tem óculos os óculos devem sobrepor-se às sobrancelhas.  O lábio inferior ganha brilho e fica só delineado, sem cor. A sombra por baixo do lábio inferior dá-lhe a dimensão e o volume. Bebés são outro desafio. Usar o mínimo de linhas. Usar o mínimo de sombras. Conseguir acertar nas proporções.
Cabeça grande. Olhos arredondados, nariz sem volume, só a abertura das narinas por cima de lábios pequenos e carnudos, a boca entreaberta onde se adivinha a baba que escorre e queixo curto. Não há sombras por onde pegar.   

2018_08_14 Escalas alteradas


A primeira imagem que surge na sequência da galeria é a primeira a ser desenhada. Não há bons ou maus retratos para desenhar. Todos têm que ser desenhados independentemente de preferências pessoais. A primeira criança que surge na fileira de retratos resulta mal. A testa fica demasiado curta. O nariz fica constipado. Os desenhos seguintes resultam mal. Desconcentrados. Repetem-se caras para corrigir erros. A escala da vinheta começa a ser limitativa. Os desenhos querem crescer e soltar-se da moldura. Ganhar expressão e ganhar vida. Com o aumento da escala o desenho ganha pormenores. O jogo com a cor de fundo aumenta o contraste. É tempo de aumentar a escala do desenho. Numa página fazer um só retrato.

2018_08_11 Neutral Face Portraits




Os desenhos ganham ritmo. O site já está marcado como favorito e as fileiras de fotografias seguem-se umas atrás das outras. Para que procurar mais? Quem construiu esta galeria e com que propósito? Quem fotografou estes rostos e para quê? No cabeçalho o nome Detour Photography. A seguir vem a barra de menus. Um separador para o portfolio subdividido em categorias, outro separador para projetos em curso, loja, contactos e carrinho de vendas. Uma galeria de fotografias com loja. No sub menu dos projetos em curso encontra-se o Neutral Face Portraits. Depois de aceder à página um aviso para quem quiser fazer parte do projeto (... qual projeto?... ser fotografado com uma cara neutra, inexpressiva para aparecer na galeria?...). Contactar a Bri. Mais à frente nos contactos a informação. Bri é o primeiro nome de Bri Vos uma fotógrafa que trabalha em Edmonton no Canadá e é a mentora do projeto. Apetece enviar um email à Bri a perguntar que projeto é este de fotografar rostos neutros. Qual a ideia por detrás do projeto? Serei capaz de encontrar a resposta?