2015_07_20 Twingo e o desenho de contorno


Vai fazer no dia 23 de Julho três anos que publiquei o meu primeiro desenho neste blogue.
Não tinha pensado evocar a data até ter recebido por correio electrónico uma publicação digital, organizada pelo Nuno Matos Silva, com trabalhos dos alunos do 1º ano do curso de arquitectura do Instituto Superior Técnico. É já o número três e é dedicado ao laboratório de Química. Podem vê-lo aqui.
Um dos exercícios propostos foi o desenho de contorno dos instrumentos nas bancadas do laboratório e um dos parágrafos do texto de introdução aos trabalhos citava o pintor inglês David Hockney acerca da sua experiência com a técnica do desenho de contorno (ou line drawing na tradução para inglês): "David Hockney, que o pratica (line drawing) com frequência refere o cansaço e a exaltação que proporciona".
Fiquei a pensar se seria esta a razão da minha atracção pelo desenho, ser cansativo e exaltante ao mesmo tempo. Será para manter a prática regular do desenho cansativo e exaltante que continuo há três anos a alimentar o blogue?
Fui googlar 'david hockney line drawing' e acabei por encontrar um excerto do livro no qual o pintor fala sobre o desenho de contorno. Não resisti a reproduzi-lo mesmo em inglês:
"I never talk when I`m drawing a person, especilly if I´m making line drawings. I prefer there to be no noise at all so I can concentrate more. You can´t make a line too slowly, you have to go at a certain speed; so the concentration needed is quite strong. It`s very tiring as well. If you make two or three line drawings it`s very tiring in the head because you have to do it all at one go, something you`ve no need to do with pencil drawings... it`s exciting doing it, and I think it`s harder than anything else; so when they suceed, they`re much better drawings often."
Devia ser isto em que estava a pensar quando encontrei um Twingo abandonado na rua.

6 comentários:

  1. O Twingo está fantástico!
    Parabéns pela efeméride e continua nesta fantástica partilha.
    Obrigada pela partilha desta revista de que já tinha ouvido falar, mas pensei que não estava online.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Rita.
      O teu comentário é um incentivo para continuar a publicar e a partilhar o que se vai fazendo no mundo dos 'rabiscos'.

      Eliminar
  2. Parabéns Filipe! E que engraçado: é como se este desenho já contivesse os teus desenhos actuais, mas ainda em forma larvar! Belo progresso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Teresa.
      Desenho de contorno ou line drawing é um exercício de iniciação ao desenho de observação. Cada vez que o volto a executar tento 'pegar' no que aprendi dos exercícios anteriores.
      No passado dia 11 o workshop do António Procópio na Casa Museu Vieira da Silva decorreu com base nestes exercícios de desenho de linha e de contorno e acho que foi isso que me deu vontade de voltar a pegar nesta técnica. Gosto de ter liberdade para misturar e alternar técnicas, voltar atrás e virar ao lado sem ficar preso ao 'estilo'.

      Eliminar
  3. gosto muito de visitar o teu canto, porque aprendo sempre qualquer coisa. Parabéns pelos 3 anos de blogue e espero que continues a partihar connosco os teus desenhos. O twingo ficou fantástico!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Marilisa.
      Para publicar um desenho ele tem que ter mais qualquer coisa para além do que olhos vêem.
      Já agora parabéns pelos teus desenhos que estão cada vez melhores.

      Eliminar