2016_12_09 Farol da Gibalta


No final do ano passado fui contactado pela câmara de Oeiras para uma série de ilustrações, com traço urban sketcher. Uma delas para comemorar a abertura do novo troço do passeio marítimo que faz a ligação do Forte de São Bruno, em Caxias, à praia da Cruz Quebrada.
Com a obra ainda em curso, desloquei-me ao local com o Álvaro Carrilho, adjunto da Câmara para a área de comunicação institucional. O enquadramento seleccionado tem o farol recortado na paisagem, a linha de comboio, a linha de costa, o muro de contenção da marginal. Elementos com uma forte identificação do local e porque a ponte 25 de Abril pertence ao concelho de Lisboa aquele foi o local escolhido para terminar o enquadramento.


Para convidar à utilização do novo troço foi necessário acrescentar pessoas. Numa época de grande divulgação e expansão da corrida urbana ou running escolhi um corredor. Depois de algumas horas a pesquisar bancos de imagens encontrei a imagem que procurava. Encaixava-se na perspectiva da paisagem e estava de costas para o observador.



A imagem foi encontrada no banco de imagens 123RFNo momento de descarregar a imagem, que é grátis, um aviso lembra de que a menção do crédito do autor é sempre bem vinda. O meu agradecimento ao bokica pela imagem que criou e que serviu de modelo ao meu corredor.
Depois de um primeiro ensaio tinha o corredor delineado.



A seguir havia que o incluir no desenho entretanto desenvolvido. 


Para promover a utilização da ciclovia era também importante incluir um ciclista. Mais umas horas de pesquisa de imagens de ciclistas no google até encontrar esta imagem no site da associação que faz a defesa e promoção do bairro londrino de Fitzrovia num artigo sobre os perigos que os ciclistas enfrentam nas suas deslocações diárias. Gostei da trajectória em sentido contrário ao do corredor e do ar descontraído.




Depois de entregar os bonecos e do trabalho final de composição o resultado final foi este.
Obrigado ao Álvaro Carrilho pelo profissionalismo com que me acompanhou durante todo o processo.
 



E depois a implantação do painel exterior (outdoor).




4 comentários:

  1. Respostas
    1. Foi um projecto diferente do habitual que gostei muito de fazer.

      Eliminar
  2. Bela descrição do processo. Os painéis estão bem presentes em todo o concelho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho que é o melhor de tudo... o processo. É quando damos o melhor que sabemos.
      abr

      Eliminar