2016_06_12 Avenida da Liberdade

 


Começam a ser raros os prédios da Avenida da Liberdade que ainda não foram comprados pelas grandes marcas internacionais.
Prémio Valmor de 1915, projecto do Arquitecto Manuel Norte Júnior.

8 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigado Josia.
      É boa arquitetura portuguesa que resiste à passagem dos anos.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Obrigado Rosário.
      Já andava há uns anos com a ideia de um dia desenhar este edifício com um pouco mais de vagar e o caso ainda não ficou encerrado.

      Eliminar
  3. É Arte Nova, certo? Lindo, o detalhe.
    Quanto às marcas, menos mal que recuperam os edifícios, concordemos ou não com a filosofia de consumo de luxo que as guia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Miú.
      Os peritos na matéria dizem que é o mais Arte Nova que é possível encontrar. Principalmente a nível dos ferros, cantarias e vidros do alçado principal.
      A recuperação dos edifícios na baixa lisboeta está imparável.

      Eliminar
  4. Começam é a ser raros os prédios que tu não desenhas magnificamente :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estes prédios mais antigos têm muitos elementos decorativos que são um desafio para desenhar.

      Eliminar